Quanto Custa Contratar um Seguro de Moto? Saiba Mais

 

 ➡ Antes de saber quanto custa um seguro de moto, vamos saber como de fato esse meio de transporte ganhou tanta força!

As motos a cada novo dia surgem no Brasil como uma alternativa de transporte mais barato para o trabalhador, rápida e econômica em relação aos carros. Nos grandes centros, muita gente prefere motocicletas para usar durante o dia, utilizando o automóvel apenas como transporte de lazer para o final de semana.

Foi nos anos 70 que o mercado de motocicletas começou no Brasil , trazendo para cá, as maiores montadoras de motos do mundo; Honda

e Yamaha. Para isso acontecer, elas analisaram o mercado, as condições do país e inicialmente investiram em modelos mais robustos, econômicos e simples. Aos poucos, os veículos de duas rodas conquistaram os brasileiros e foram se diversificando.

Quando comparamos os mercados de motos pelo mundo que são (Índia, Associação de Nações do Sudeste Asiático – Indonésia, Vietnã, Tailândia, Filipinas e Malásia – e China) o nosso país tem um toque especial: a qualificação dos produtos.

Nos mercados grandes, a industria foca em Scooters, ciclomotores e motos de baixa cilindrada, tendo os veículos caráter apenas utilitário. Aqui, um mercado aquecido é o das chamadas “motos de lazer”, segmento que cresce a cada ano no país e contém motos de mais de 500 cilindradas.

Saber quanto custa um seguro de moto é o maior dilema entre os motoqueiros que desejam contratar um seguro, seguro para carros é muito mais procurado do que para moto e isso é uma realidade diária. A dúvida mais frequente de quem tem moto, é se vale mesmo a pena contratar um.

Afinal sai caro contratar um seguro pra minha moto?

O conceito de caro depende de muitos fatores e o principal é a comparação com alguma outra coisa. No caso de seguro para moto é o valor da moto e o risco. 

 

Comparação do preço do seguro e do valor da motocicleta.

 Vamos aos exemplos, se você tem uma moto que custa R$40,000 e você fecha uma cotação de R$4,000, significa que o seu seguro ficou em torno dos 10% que é um preço dentro da realidade, mas digamos que você possua uma moto popular de R$5,000 e fecha um seguro por R$2,500, quando for dividir pelo preço total do veiculo verá que ta pagando 50% do valor da moto, que claro que não é nada viável não é mesmo. 😐 

No segundo caso você vai ta pagando um seguro que daria para comprar uma moto 0km. De modo geral geral seguro de moto acaba valendo mais para motos mais caras, ao menos acima de 250cc. Para as motos mais em conta geralmente o seguro fica relativamente mais salgado, mas isso não é uma regra pessoal.

Comparando do seguro ao risco

Com tudo isso mesmo no segundo exemplo existe quem contrate seguro para motos mais populares, simplesmente porque algumas pessoas são mais “precavidas” no que diz respeito ao risco entendeu, mesmo o seguro saindo mais salgado o usuário pensa mais na sua segurança e na integridade de sua vida, observando o custo-beneficio, acredita que o risco e maior que o custo, fazendo assim o seguro que é caro ser uma medida atrativa e essencial.

 

Ela visa tudo que o seguro pode lhe oferecer: indenização por colisão, roubo, furto, por danos corporais ou materiais a terceiros etc, ou seja, o grande leque de vantagens sobrepõe todo o valor empregado! 😉 

O seguro ficou caro demais, e agora?

Fez a sua cotação de seguro de moto e mesmo com todos os benefícios oferecidos, o valor ficou bem descolado da realidade? não se precipite, veja o que você pode fazer.

  • Contratar seguro de moto com cobertura somente de roubo e incêndio: Nessa opção você não teria Assistência 24h, cobertura de colisão, cobertura de danos a terceiros entre outros benefícios do seguro. Mas poderá se proteger da situação mais comum para motos, que é o roubo. Como trate-se de um seguro mais básico, sai mais em conta. A única dificuldade com essa opção, é que por ser moto, somente algumas seguradoras aceitam fazer esse tipo de seguro.
  • Contratar somente cobertura para danos a terceiros: Uma outra opção é contratar seguro somente para danos materiais ou corporais a terceiros. Neste caso você estará protegido de quaisquer danos que venha a causar a outra pessoa no trânsito.
  • Combinar as duas opções acima: há quem faça uma combinação entre as duas opções acima. Ou seja, você contrata a cobertura de roubo e incêndio, mais a cobertura de danos a terceiros.
 💡 Quanto custa um seguro de moto, para fazer uma cotação fácil, clique no botão abaixo e saiba mais

Quanto Custa Contratar um Seguro de Moto? Saiba Mais
4 (80%) 1 vote
(Visited 170 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *